Páginas

6 de abril de 2016

A ti

uffa. foi mais um dia tão igual aos outros e, com algum tempo, aqui me sento sem nunca me esquecer de ti. és, sem sombra de dúvidas o que me faz andar descalça sem ter dor. és tu quem me ajuda a levantar da cama para enfrentar mais um dia como o de hoje. quando me sinto exausta e no limite, lembro-me de ti porque és tu quem, às vezes, me lembra das minhas metas e objectivos. é a ti que devo parte do que hoje sou. foi por ti que mudei tanto do que sou e tento ser melhor todos os dias. foi contigo que a minha vida mudou drasticamente. foi também contigo que os momentos começaram a parecer infinitos e os momentos a duplicar. a dimensão onde me encontro quando estou contigo não consigo encontrar em mais nenhum lado. é impossível de lá chegar, se não estiver ao teu lado. és tu o meu porto de abrigo nas noites silenciosas e tristes que vai na volta nós temos. és o poder do café. fazes-me rir só com o olhar e acredita, vejo em ti tudo o que percepciono. incluo-te em tudo o que penso mesmo que possa parecer que não te inclua no meu dia-a-dia.
espero que um dia entendas porque o faço, e porque no meio disto tu, ao final do dia, vou sempre ao teu encontro. não esqueço a minha missão, mas também não esqueço o meu objectivo de vida.
vou estar sempre, mas sempre #ateulado.

ps. um dia serás a mulher dos meus filhos e ver-te chegar a casa depois de um dia de trabalho será a melhor coisa de sempre.

- amo-te-

Sem comentários:

Enviar um comentário